Notícias

Published on junho 21st, 2021 | por root

0

🎉ANIVERSARIANTE🎉

A ACIMA celebra 60 anos de criação hoje 🎉
Fundação de uma das mais importantes entidades locais, em 21 de junho de 1961, é festejada com premiação ao longo desta semana
A popular ACIMA, sigla sugestiva adotada para identificar a Associação Comercial e Industrial de Monte Alto há exatas 6 décadas, traz um passado marcado, por um lado, por ações de fomento ao comércio e expressivas parcerias culturais, esportivas e sociais e, por outro, por uma extensa lacuna logo após sua criação, seguida de uma retomada com crescimento que não parou mais.
Nesta segunda-feira, a entidade que abrange mais de 800 associados, alcança seus 60 anos de criação, ainda mais forte e atuante, devido aos desafios perante a pandemia do coronavírus e as restrições por que passam os estabelecimentos e a Economia desde o ano passado.
Esta força vem da continuidade de gestões, compostas por um time que soma conquistas, supera desafios da última década no setor econômico e avança nas iniciativas diversas de apoio aos associados.
O resultado positivo, que deixa a sensação de dever cumprido, se refletiu em mais uma reeleição de diretoria – com aprovação das ações e mais dois anos de confiança depositada – no fim do ano passado, agora com o empresário Pedro Perdonatti à frente do comando – após quadriênios de sucesso de Marcos Rogério Martins de Souza, o Marcão da Hobbymania, e Ednilson Donisete Fenerick, o Dê da New Sign.
Histórica
Nas semanas que antecederam a organização da nova entidade local, nomes como Aplcar Hazarabedian, João Evangelista Filho e Thomaz Pugliesi Filho se destacavam na liderança da iniciativa. Mais de cem assinaturas haviam sido colhidas entre comerciantes e industriais de Monte Alto apoiando a ideia da fundação.
Uma reunião preliminar havia sido realizada no dia 11 de junho de 1961, já com grande número de representantes das classes. Naquele dia, formou-se uma comissão para elaborar seu estatuto. Seus membros eram Dilter Piovezan, José Emílio Farhat, Pedro Palma e Aplcar Hazarabedian.
Este último, tendo a seu lado Luiz Abnader Filho como secretário, presidiu a mesa na fundação definitiva, que elegeu Rômulo Pereira Martins como presidente da Diretoria Executiva pioneira.
Da origem de uma das principais instituições locais na atualidade, com a histórica fundação no salão do Aero Clube Civil, em 21 de junho de 1961, às primeiras iniciativas, registradas pela imprensa escrita da época – nas páginas da “Fôlha de Monte Alto”, já nos primeiros dias após a fundação, um bem redigido ofício foi enviado ao Presidente da República – seria o primeiro ato oficial da ACIMA.
A reivindicação, publicada na íntegra na edição de 1° de julho daquele ano na “Fôlha”, tratava da necessidade da instalação de uma agência do Banco do Brasil na cidade.
A questão, aliás, era bandeira daquele jornal semanário impresso, que já havia abordado a questão por diversas vezes, questionando o desinteresse federal, e atribuindo à melhoria a expressão “sonho irrealizável”.
O ofício, acompanhado de estatísticas sobre a pujança do município na agricultura, destacava a caminhada da nova entidade representante da indústria e do comércio, lado a lado com o futuro ‘terceiro setor’.
Na época, o Brasil vivia o curto período de Jânio Quadros na presidência (janeiro/agosto de 61).
A primeira sede da associação foi instalada na rua Rui Barbosa nº 540, conforme detalha texto no portal da própria ACIMA, “onde ficava o antigo escritório do Dr. Bertuca (atual Lanchonete Come Come)”. As primeiras reuniões ordinárias eram realizadas mensalmente ao longo do primeiro biênio.
Lacuna
Após o pioneirismo e as primeiras ações para fortalecimento do Comércio montealtense – praticamente formado por estabelecimentos nas ruas principais – a entidade praticamente se desfez, logo após a primeira gestão.
Historicamente, apesar de trazer a marca “redonda” dos 60 anos, é necessário registrar que a trajetória da ACIMA guarda um curioso período de inatividade em sua história. Entre 1963 e 1976, foram 14 longos anos de inatividade, até a retomada, pelas mãos também de renomados empresários da Cidade do Sonho, tendo Odair Paulo Rebonato à frente da iniciativa de reativação deste patrimônio local. De lá para cá, vinte e dois biênios se completaram.
Crescimento contínuo
Em meados de 1983, a sede mudou para a rua José Cupertino Boto, nº 481, (ao lado de onde hoje funciona a agência bancária da Cocred), onde permaneceu até 1995.
Sendo também marcada por posterior aquisição da sala de reuniões no mezanino do Monte Alto Shopping (em 1999), três anos antes a gestão do presidente Delcides Menezes Thiago instalou a ACIMA, definitivamente, em sua sede própria: no imóvel da rua Gustavo de Godoy, 583.
No espaço, em sua própria definição, “orienta, ampara, defende, coliga e instrui pessoas físicas e jurídicas, que explorem quaisquer atividades comerciais e industriais, visando sempre o comprometimento com o desenvolvimento econômico e social de Monte Alto”.
Durante a pandemia, enquanto anunciou aquisição de nova sede – em imóvel histórico da Rua Jeremias – a ACIMA se destaca pela participação em decisões junto ao Poder Público, aquisição e fornecimento de testes, campanhas de conscientização, doações de cestas básicas frente ao enfrentamento da crise econômica causada pela pandemia, luta por flexibilizações e lançamento de ideias que colaboram para o funcionamento responsável do comércio.
Elton Barroso
Diretor de Comunica̤̣o РGesṭo 2021/2022


Autor



Voltar ao Topo ↑
  • Acima 2020 Premiado
  • Outubro, 2021

    Sem eventos

  • PARCEIROS


X